Extremófilos: a vida dentro da pedra.



Eu costumo chamar a atenção dos cientistas e céticos de plantão para uma visão mais realista da vida alienígena e agora minha pergunta é contundente e espero que me respondam com sinceridade sem violência e ignorância.
Minha pergunta é a seguinte, um pouco extensa, mas deve ser feita desse modo: por que os cientistas da NASA procuram por micróbios marcianos, sendo que na Terra a ciência já sabe e está provado que os extremófilos que são micróbios que vivem em condições extremas, isto é, sem oxigênio, sem água, e em temperaturas extremas e também sob a pressão abaixo da superfície?
Minha pergunta é simples, mas para o cético um Et não existe, mas um micróbio é um Et(rs) Eles gastam bilhões em dólares para provar que os extremófilos existem?
O mais ridículo dessas missões à Marte é ter que ler essas baboseiras.
Vou explicar de modo que você compreenda meu racicínio.
A NASA se preocupa em tentar provar que micróbios são alienígenas e nós sabemos que a panspermia que trouxe a vida para a Terra. O mais ridículo é ter que ouvir os cientistas falando sobre os extremófilos e quando eles  falam eu percebo nos rostos deles a seguinte pergunta: se nós achamos vida por todo o planeta, sem oxigênio, sem água, com pressão muito forte, por que existe a teoria de panspermia? Isso quer dizer que vida pode existir em profundidades de 10 mil metros abaixo da Terra e quem sabe no centro da Terra.
Eu percebo que um cientista que estuda extremófilos pensa assim: se vida pode ser encontrada em ambientes que antes nem imaginamos poderiam existir vida, então qualquer planeta pode ter vida e cocluiremos que na Lua também pode ter vida.
Quero que entenda, a teoria da panspermia, a vida originou-se na queda de asteróides trazendo extremófilos com eles torna-se ridícula e quer dizer que a vida pode sobreviver em qualquer lugar em qualquer planeta de nosso universo.
Mas nós não somos extremófilos, somos seres mais fracos precisamos de água e oxigênio e temperaturas mais amenas.
Na verdade a NASA não está interessada em descobrir água, não estão interessados em extremófilos, pois o diretor do projeto Curiosity disse em uma entrevista que o principal interesse deles é descoberta de água em Marte, e se você não sabe eles já descobriram água em forma de gelo sob a camada da superfície. Outra descoberta foi que a água de Marte não evaporou-se completamente, mas está sob a forma de gelo, compactada sob a superfície de Marte.
Isso quer dizer que em Marte também tem extremófilos, não precisa de robôs para descobrir isso. Entenda que a jogada da NASA é colonizar Martee criar um ambiente propício a vida, mas tudo isso bem antes dos Russos!
Os americanos querem habitar Marte e não buscar vida no planeta, essa histórinha da carochinha de que eles querem buscar vida é tudo mentira, pois extremófilos vivem em qualquer lugar, posso dizer com certeza que na Lua há vida como na Terra. Tem muita enrolação decientistas com a intenção de enganar mesmo, pois elessabem a verdade e o extremófilo é a prova de que vida não precisa de água e nem oxigênio.
Conclusão: o extremófilo é  a prova de que a vida surgiu em todo o universo bilhões de anos atrás com extremófilos em qualquer planeta. O que os céticos acham e tentam dizer é que um extremófilo não pode ser comparado com um ser complexo como homem, mas o homem evoluiu de um micróbio e de seres unicelulares, o homem como nós sabemos é uma pequena célula com mobilidade ativa, então você antes de nascer era um pequeno extremófilo(rs)!

Chat Contato Alienigena

2leep.com