Tyche, o destruidor de planetas.

A NASA encobre a verdade  de todos por uma simples razão, não existe tecnologia de como prever asteroides que estejam em direção de colisão com a Terra, mas a razão pode ser pior que a verdade sobre a origem da humanidade: Tyche, o nono planeta empurrando cometas em direção do Sol e em possível colisão com a Terra. Parece que o verdadeiro planeta X ou Nibiru está começando a aparecer, só que a NASA não admite, talvez porque nós esotéricos falamos tanto neste planeta, mas veja que a verdade aos poucos vai aparecendo.


Você leu bem: o planeta está empurrando cometas em direção do Sol e da Terra, por isso estamos  recebendo tantas informações sobre passagens de asteroides em órbitas tão próximas da Terra. Desde quando eles sabem sobre isso? Desde o impacto do cometa Shoemaker–Levy 9 com Júpiter em Julho de 1994. Antes era apenas uma teoria, uma hipótese lançada por alguns astrofísicos. A ideia era absurda um planeta maior que Júpiter que estaria atrás da Nuvem de Oort e que estaria causando desvios nas órbitas dos cometas e empurrando em direção do sol ou de nosso planeta.
Já se tem a ideia de que o assassino dos dinossauros foi um cometa. E vou explicar porque os Maias reconhecem esse planeta como o causador da catástrofe que extinguiu os dinossauros e possibilitou a fundação da civilização Maia no ano de 3.114 A.C.
“Many people have speculated about such possibilities for a long time. It’s an intriguing idea because, well, it would be fun, to say the least.”
– Astronomer Mike Brown, self-confessed “planet killer”
      "Muitas pessoas têm especulado sobre as possibilidades há um longo tempo. É uma ideia intrigante, porque, bem, seria divertido, para dizer no mínimo. "
 - O astrônomo Mike Brown, confesso "planeta assassino"

De planeta assassino para HERCOLOBUS, PLANETA CHUPÃO, PLANETA X, BASTA MUDAR O NOME. Você vai entender agora porque os sumérios falavam do nono ou décimo planeta e porque a data de 21 de dezembro 2012, o qual os Maias disseram seria possível a vinda de Bolon Yokte, o deus do submundo.
Quando o cometa Shoemaker impactou Júpiter em 1994, toda a astronomia se voltou para o assunto, porque era algo incrível um cometa gigantesco, que foi despedaçado pela força gravitacional de Júpiter e transformou em pedaços de quase 2 km de diâmetro e que causaram uma explosão que deixou uma marca vermelha durante meses.


Logo após esse grande marco na história da astronomia, o cinema americano lança um filme chamado: IMPACTO PROFUNDO, foi um sucesso estrondoso e quem não chorou no filme.O que eu quero dizer é que o filme foi na verdade uma grande coincidência ou na verdade uma profecia para o futuro da Terra. 
Para não estender o artigo gostaria de oferecer alguns links que são muito interessantes e recomendo ler, você vai começar a entender que não existem coincidências tudo faz parte de um jogo, onde os resultados equivalem a um tipo de informação passada para as pessoas de forma silenciosa por pessoas que sabem de toda a verdade que ronda o planeta. Preste atenção, leia com atenção, pois isso pode te ajudar a desvendar todo o mistério pelo qual passamos no momento.
http://celiosiqueira.blogspot.com.br/2011/07/algumas-coincidencias-entre-o-filme.html

O filme tem várias coincidências  que se encaixam com a descoberta do cometa Elenin, até mesmo a época que estamos passando agora, o filme parece uma profecia se realizando.
Coloquei o filme apenas para ilustrar o porque o governo americano está temendo que possa acontecer com o planeta e não é só isso não há mais coisas que estão em evidencia, mas você nem imagina o que seja, porque a mídia não tem inteligência para chegar em conclusão nenhuma, é burrice mesmo.
Então, como não sou burro vou explicar para você o que está acontecendo, mas não fique assustado porque isso pode acontecer amanhã como daqui a mil anos ou mais, não há uma data precisa, o que eu posso te dizer é que estamos na posição correta ou na época certa em que o planeta Tyche entra ou causa as anomalias nas órbitas dos cometas na nuvem de Oort, se você tiver alguma dúvida pergunte ao astrônomo mais perto de você que ele irá te confirmar o que eu estou falando, e é claro que ele irá desmentir dizendo:isso pode acontecer agora como daqui a milhões de anos, então o que eu estou escrevendo[risos].
Vamos aos fatos ou a minha investigação, essas evidencias não podem ser provadas, mas os cientistas da Nasa conhecem todas elas e algo mais, tanto que já sabiam sobre a possibilidade de impactos em nosso planeta.
Persistent Evidence of a Jovian Mass Solar Companion in the Oort Cloud
We present an updated dynamical and statistical analysis of outer Oort cloud cometary evidence suggesting the sun has a wide-binary Jovian mass companion. The results support a conjecture that there exists a companion of mass ~ 1-4 M_Jup orbiting in the innermost region of the outer Oort cloud. Our most restrictive prediction is that the orientation angles of the orbit normal in galactic coordinates are centered on the galactic longitude of the ascending node Omega = 319 degree and the galactic inclination i = 103 degree (or the opposite direction) with an uncertainty in the normal direction subtending ~ 2% of the sky. A Bayesian statistical analysis suggests that the probability of the companion hypothesis is comparable to or greater than the probability of the null hypothesis of a statistical fluke. Such a companion could also have produced the detached Kuiper Belt object Sedna. The putative companion could be easily detected by the recently launched Wide-field Infrared Survey Explorer (WISE).
Esse texto confirma que os resultados suportam a existência de um corpo massivo, de 1 a 4 vezes o tamanho de Júpiter orbitando a parte mais profunda  do lado de fora da nuvem de Oort. E que esse objeto pode ser visto e detectado pelo Wide-field Infrared Survey Explorer (WISE)

ESTA É UMA IMAGEM ILUSTRATIVA DE COMO SERIA O TAMANHO DE TYCHE EM COMPARAÇÃO A JÚPITER.
E o que isso quer dizer que é detectável  e que não é mais hipotético.
Quais são os dois lados da verdade?
O planeta existe e não é mais hipotético, pois causa desvios na órbita dos cometas e outra verdade é que ele empurra os cometas em nossa direção.
O que eu adoro escutar são os céticos dizendo que antes não tinham tecnologia para prever a queda ou a passagem de asteroides e cometas, mas a verdade nua e crua é que agora temos um culpado e que os asteroides vem em direção da Terra em batalhões.
A outra verdade que os céticos vomitam é que nunca caiu um asteroide na Terra, que é quase impossível cair então veja o mapa de crateras!


(:)Comece a pensar, o que mete medo na Nasa é a queda de um cometa em nosso planeta. O maior e mais famoso acontecimento foi a queda de um cometa na era do cretáceo, 65 milhões de anos atrás e outras quedas em eras modernas que podem ser percebidas e que deixaram alguns traços e sinais que podem ser vistos em nosso planeta.
A NASA sabe tudo sobre o que eu vou explicar para você, todos os detalhes e até mesmo sobre os Maias e Egípcios, porque faz parte de um plano para encobrir a verdade sobre Tyche e as relações com Nibiru e o Planeta X. Incrível como a mente dos astrônomos  da NASA usam as informações sobre Nibiru, mas ao mesmo tempo eles refutam, só para não dar na cara com a verdade. Medo que as pessoas saibam não vai fazer a verdade morrer.
Bom, tudo está relacionado, mas vou mostrar para você porque eu sei que eles já sabiam sobre o planeta Tyche: a FEMA é uma parte do governo ligado a previsão de catástrofes e fizeram um comercial para alertar os americanos e caso de uma catástrofe, qualquer que seja a catástrofe serve de alerta. A FEMA fez um comercial que virasse um viral, em parte propositalmente para chegar em todas as pessoas pela internet. Assista ao comercial e depois eu explico porque eles fizeram esse comercial e qual a razão de estar ligado a esse artigo. PRESTE A ATENÇÃO NOS DETALHES: O DINOSSAURO FLUTUANDO E AS PESSOAS FLUTUANDO.

Engraçado que eles fizeram o comercial de um jeito idiota, porque as pessoas flutuando? Qual a razão? Simples, a verdade é a seguinte: quando um cometa muito grande cai na Terra, há um efeito que a ciência não comenta, porque nunca tivemos uma queda de um asteroide ou uma cometa tão grande, nós só sabemos porque vemos as crateras deixadas por esses impactos, mas um efeito que eles negligenciam é o efeito de falta de gravidade ou gravidade zero. Você conhece esse efeito é o efeito de inércia ou falta de gravidade, leia nesse artigo para compreender melhor esse efeito: http://www.brasilescola.com/fisica/a-fisica-no-elevador.htm
''Uma curiosidade é que se o elevador descer com uma aceleração igual à gravidade (simplesmente cair sob a ação da gravidade), a sua força normal é nula (FN = 0), sendo assim, a pessoa flutuaria dentro do elevador. Este mesmo efeito é utilizado em aviões em queda livre para treinamento de pilotos e astronautas, simulando a falta de gravidade.''
Legal, não é? Já estamos chegando a uma conclusão, quando o asteroide cai ele desce em uma velocidade muito alta e quando atinge o chão ou a superfície da Terra, o poder de choque é tão forte que cria uma onda de choque e ao mesmo tempo reverbera na crosta terrestre como uma geléia ou quando voce atira uma pedra na água a onda de choque segue em forma de onda e dependendo da força ela cria um efeito de subir e descer de um elevador, pois a velocidade de descer e subir muito rápido causaria uma força nula, sendo assim a pessoa flutuaria, como em queda livre.
Esse efeito, percebi em uma viagem que fiz e escrevi em uma artigo sobre o apocalipse zumbi, que também é explicado no site da FEMA, é importante você ler porque está diretamente ligado a esse artigo e deve perceber que eu já passei por isso em uma viagem astral ou em uma vida passada. Preste a atenção e leia com atentamente porque existem várias informações nos vídeos e porque eles mostram para você a preocupação dos exércitos russos e americanos com armas para proteger de ataques zumbis, revoltosos, etc. Não ria, pois o assunto é realmente sério e você irá compreender porque isso pode afetar a mente das pessoas criando uma desorientação momentânea que pode ser fatal, porque o cérebro bate na caixa craniana e é quase como o efeito de um soco de nocaute Nocaute é um mecanismo de ação indireta. O golpe encaixa-se na ponta do queijo ou no maxilar. O Cérebro é um amassa flutuante no interior da caixa craniana.. Ele fica separado da caixa craniana pelas meninges e pelo líquido cefalorraquidiano. Quando um pugilista recebe um gancho bem encaixado, há uma brusca e violenta rotação da cabeça. Como o cérebro flutua, este segue com atraso a rotação da cabeça e entra em colisão contra a caixa craniana. É esse choque que provoca o nocaute – o que se chama “componente cerebral do nocaute, a perda da consciência.

http://contatoalienigena.blogspot.com.br/2013/05/apos-o-apocalipse-zumbi-se-seguira-o.html
Então, deu para entender que nosso cérebro recebe o choque ou a onda de choque, porque nosso cérebro é uma forma de geleia e sofre qualquer ação muito rápida causada por um movimento rápido de subida e descida. Isso não pode ser provado cientificamente, mas os exemplos devem ajudar a explicar o que aconteceria com alguém nocauteado ou perda de consciência.
Agora vamos voltar ao conhecimento dos Egípcios e os Maias. Muita gente falou sobre as profecias Maias sobre o dia 21 de Dezembro de 2012, mas esqueceram que os Egípcios tem uma bem parecida com as dos Maias e também estava relacionada ao ano de 2012. Como você sabe de ler em meus artigos os astrônomos Maias e Egípcios eram muito avançados e conheciam e estudavam os movimentos do planeta Vênus a primeira coisa que irá notar é que os astrônomos modernos odeiam quando nós falamos qualquer coisa sobre isso, porque acham que eles eram trogloditas. Uma coisa que eu penso é que os Maias e Egípcios encaravam  a morte de forma diferente do ser humano moderno, então as profecias eram sempre assim, sobre destruição e morte, não tinham medo das criancinhas saberem de que um dia poderia acontecer a morte.
A NASA morre de medo de assustar as criancinhas, então evita falar sobre esse assunto, bem idiota esse pensamento porque morrer é tão natural e a vida é uma passagem, só quem tem medo de morrer são pessoas completamente materialistas e ignorantes da espiritualidade.
Os egípcios no livro dos mortos referem-se ao movimento de Vênus quando passar através da constelação de Orion, esse movimento retrógrado é conhecido como: MOVIMENTO RETRÓGRADO APARENTE. http://pt.wikipedia.org/wiki/Movimento_retr%C3%B3grado_aparente


 É um evento tão raro que só ocorre uma vez a cada 11.804 anos, e da próxima vez  aconteceu em 2012! Para os egípcios esse movimento estranho coincidia com eventos que aconteceram na mesma época na criação do império egípcio: o dilúvio! Esse evento acontece nessa época e hoje estamos exatamente na época de acontecer outro evento parecido. Houve um fato estranho que todos nós podemos perceber no ano de 2012, antes de acontecer o evento o dilúvio os os antigos habitantes do vale do Nilo descreveram dois nasceres do sol e dois pôr-do-sol na mesma data memorável no ano de 9792 A.C. Todos alertaram sobre esse evento em 2012, houve vários vídeos que a maioria poderia ser vídeos falsos, mas acredito serem a maioria verdadeiros, porque a NASA não desmentia o fato nem mesmo os cientistas, ficou apenas os céticos rindo de todos que postavam seu vídeos e fotografias. Mas sem levar em conta ser verdade ou mentira, o evento aconteceu e coincidentemente com a data de Vênus em movimento retrógrado nos céus de nosso planeta.
Outro alinhamento muito estranho e que acontece a cada 2.737 anos e aconteceu 18 dias antes do dia 21 de Dezembro de 2012, no dia 3 de Dezembro de 2012 o alinhamento de 3 planetas exatamente  sobre as pirâmides de Gizé:



Bom, coloquei as imagens para mostrar que os egípcios não são incorretos quando a sua astronomia, o que os céticos comumente ignoram e até fazem chacotas, mas está aí para ser visto e compreendido que os egípcios são dignos de genialidade e que a NASA com todo dinheiro que tem só descobriram isso depois 11.000 anos depois da construção das pirâmides. Devemos dar credibilidade aos Egípcios, Maias e Sumérios, por tamanha genialidade.
Mas o que tem tudo isso a ver com Tyche, o planeta destruidor?
Na verdade, tudo! :) O dilúvio aconteceu no mesmo ano que os Egípcios chegaram da Atlântida, afundada depois da queda de uma asteroide que devastou muitas cidades na Europa e em outros locais, o dilúvio na verdade foi uma mega Tsunami que devastou essas terras quando o asteroide caiu no mar, essa queda aconteceu e foi a destruição de muitas civilizações em nosso planeta e acredito esteja relacionada com a extinção dos dinossauros. Você pode achar estranho isso porque o que você aprende na escola é que os dinossauros foram extintos 65 milhões de anos atrás, mas nem imagina que existem provas que os Incas conviveram com os dinossauros e também os Maias.
Essa imagem de uma pintura Maia é a prova definitiva que os Maias conviveram com os dinossauros.
Os incas também conviveram e confeccionaram milhares de pedras com motivos de dinossauros e com detalhes incríveis que só hoje os paleontólogos não conseguem compreender, inclusive há pedras que descrevem a queda do cometa que matou e destruiu os dinossauros. A prova final de que as pedras não são falsas é que elas foram encontradas em túmulos Incas e não teria como esconder as pedras dentro do túmulo pois estavam fechados a milhares de anos.

Essa é a prova definitiva que as pedras Ica não são falsas, elas foram enterradas como relíquias mortais com cidadãos importantes.



LUNETAS.








Continuando meu raciocínio sobre as possibilidades de que os Maias e Incas conviveram com dinossauros apesar que a ciência insiste que esteja errado., que o homem não poderia viver com dinossauros, pois eu te digo vou matar a cobra e mostrar o pau, pois é muito fácil de provar que a ciência e a paleontologia estão completamente erradas quanto as datações de carbono 14 e outras datações baseadas em decaimento de isótopos radioativos.Brincadeira de criança.
Vou mostrar porque os Maias chamavam os cenotes como poços do submundo e onde eles sacrificavam pessoas para o sacrifício ao deus do submundo Bolon Yokte.Os cenotes são buracos que circundam a cratera de Yucatã, e que foi a causadora da extinção dos dinossauros, mas o detalhe é que os  Maias faziam o sacrifício de homens nesses locais , devido a um fato que os arqueólogos não descobriram ainda, mas eu vou contar para você, veja está lendo história agora. Ninguém descobriu sobre isso ainda, é em primeira mão.
Os cenotes circulam toda essa volta com linha pontilhadas, são muitos e são muito fundos, na verdade os cenotes são buracos da cratera do cometa que caiu na península de Yucatã.




São vários cenotes e todos usados para sacrifícios ao deus Bolon Yokte, o deus do submundo, mas os Maias sacrificavam porque, era uma forma de acalmar os deuses e agradecer o povo que sobreviveu ao cataclismo e que destruiu toda a civilização Maia exatamente no ano que inicia o calendário Maia em 3.114 A.c, há mais ou menos 5.200 anos atrás. O que quer dizer isso para o povo Maia? Alguém os salvou da morte certa e depois repovoou novamente a civilização que sobreviveu em Yucatã, o mesmo deve ter acontecido aos Egípcios e com os sumérios.
Bolon Yokte era um ser extraterrestre que provavelmente retirou e recolocou o povo no lugar, ou ensinou eles a sobreviverem em locais seguros, isso explicaria o mito de Noé por todas as civilizações antigas, como os Egípcios, Incas, Maias, Sumérios e hindus, etc. Os arqueólogos perdem muito tempo ou são bem ingênuos, pois todas as civilizações remontam informações sobre a Atlântida e o dilúvio, bem como um tipo de salvador como Noé.
Então, estamos chegando ao fim do mistério que nossos arqueólogos são muito fraquinhos e se acham espertões e donos da verdade, pois a verdade para eles é muito difícil de engolir talvez não tenham coragem como eu para oferecer uma solução melhor para a criação de nosso planeta.
Veja essa imagem acima, foi isso que aconteceu na Terra, na península de Yucatã, um cometa que matou homens e extinguiu os dinossauros e causou o dilúvio.
É muito fácil desmantelar as teorias da paleontologia de que o homem não coexistiu com os dinossauros, eu vou provar para você que a paleontologia está errada com a datação das eras do planeta Terra. Em primeiro lugar os cálculos sobre a datação com carbono 14 só é válido até 60 mil anos. Veja que, com um simples dado científico sabemos que seria impossível datar qualquer corpo orgânico com precisão depois de 60 mil anos, mas a datação é feita indiretamente porque os ossos não contém resíduos orgânicos, só esse fato invalida qualquer datação, porque não é possível datar pedras, então a datação é feita indiretamente através dos resíduos de organismos que tinham exo-esqueletos de carbono, mesmo assim não existe mais carbono, ou foi substituído ou decaiu com a radiação solar. veja que é ridículo dizer que os métodos são corretos desde que não haja radiação, se houve radiação solar o nuclear não se pode mais confiar, entende. Então a datação por carbono 14 é feita para enganar você.
Entendeu? Quero dizer que a idade que podemos saber com precisão é a idade do homo-sapiens somente e animais mais antigos seria impossível de sabermos com precisão as eras em que os dinossauros existiram. Porque eu falo isso é que os dinossauros foram destruídos por energia nuclear, pois a radiação destruiu as medições por carbono 14, acredito que todas as extinções que aconteceram na Terra foram por  radiação nuclear. Eu adoro puxar a orelha dos cientistas, porque eles acham que todos nós somos burros! Quem ainda não leu meu artigo sobre dinossauros e alienígenas é bom ler:
http://contatoalienigena.blogspot.com.br/2011/08/extraterrenos-greys-ou-reptilianos.html
A datação de carbono 14 é muito imprecisa e não representa a verdade, porque a datação não pode ser feita em pedras! Entenda, o carbono 14 só existe em organismos vivos, os cientistas enganam você para encobrir a verdade, pela ciência ortodoxa. Não se pode extrair carbono 14 de pedra e hoje em dia não podemos classificar ou datar pedras e os ossos, estão petrificados.
Como os paleontólogos classificam e datam os achados de dinossauros? Pelos sedimentos onde foram depositados os ossos  e nunca pelos ossos, pois estão petrificados. Então se pedra não tem carbono como eles conseguem datar os achados? 
Você não sabe, mas no futuro será impossível datar qualquer dos achados orgânicos, porque a nossa atmosfera é extremamente radioativa causada pelas explosões nucleares feitas pelo homem. Então vamos deduzir que: na presença de radioatividade seria impossível de fazer datação de carbono 14!
Agora um cientista irá me dizer que a Terra nem sempre teve radiação, não é?
Outra mentira! Você não sabe, mas os ossos dos dinossauros conhecidos como Tiranossauros ou T-rex são pintados com uma tinta especial, você não vai adivinhar qual tinta que é, então vou te dizer e vou escrevê-la com letras bem grandes: CHUMBO! Eles pensam que enganam a todos, não é? Isso quer dizer que os ossos de T-rex são radioativos, eles pintam de CHUMBO para evitar a radiação no ambiente! Mas os céticos burros dirão: mas os ossos dos dinossauros são pedras e não ossos, mas isso não tira a radiação do sedimento, pedra ou não tem radiação.
Você percebe que a radiação tem um papel importante na datação do carbono 14, tudo que você está aprendendo na escola são estimativas e não fatos reais. As eras do planeta Terra estão erradas em milhões de anos, pois a radiação no planeta pode ter aumentado o fator do cálculo na equação de datação pelo carbono 14. Olha eu desafio qualquer um para me provar que a radiação não muda as datações!
Eu disse que eu tenho uma evidência para mostrar para você que o cálculo e as datações estão completamente furadas e erradas em milhões de anos? É muito fácil! Esse é o cálculo usado pelos cientistas para fazer a datação pelo carbono 14 e está errada: t = [ ln (Nf/No) / (-0,693) ] x t1/2
 t = [ln (0,10)/(-0,693)] x 5.700 anos
t = [(-2,303)/(-0,693)] x 5.700 anos
t = [3,323] x 5.700 anos
t = 18.940 anos de idade

In é o logaritmo neperiano, Nf/No é a porcentagem de carbono 14 na amostra comparada com a quantidade em tecidos vivos e t1/2 é a meia-vida do carbono 14 (5.700 anos)
Bom, o erro é a falta de um fator que diminui a porcentagem de carbono 14 nas amostras! O que acontece é que os fatores aumentam a idade das amostras. O que causaria esse fator seria a radiação cósmica e a radiação solar! Quando fazemos uma equação temos que colocar todos os fatores  que estão associados ao sistema que queremos medir, nesse caso um fator foi esquecido que é a radiação solar e a radiação cósmica sobre as amostras. Você como é fácil? Os cientistas esquecem de um fator que interfere nos resultados: toda a radiação que os sedimentos foram expostos durante anos foi esquecida. Não podemos esquecer que a Terra sofreu exposição aos raios gama.
Outro fator que os cientistas esquecem, isso é tão banal e percebemos como a ciência é ainda fraca e não pode dar todas as respostas. Quando chove no planeta as camadas acima da Terra estão carregadas de partículas radioativas ionizadas, e quando chove elas descem em forma de chuva ácida, isso formou os sedimentos, durante toda  a vida na Terra essa quantidade de radiação vinda do espaço aumentou a perda de carbono 14 durante milhares de anos, mas empurrando as datações para milhões de anos! Quando colocamos o fator radiação mesmo que seja pequeno interfere na datação, porque a radiação interfere no decaimento dos átomos de carbono. Quando eu descobri isso, eu percebi que toda a datação aumentou exponencialmente para valores de milhões de anos.
Você pode duvidar do que eu escrevo, porque não sou cientista, mas um cientista pode entender melhor, mas a cabecinha não ajuda, (rs) pois precisa usar mais massa cerebral para entender o que eu estou escrevendo. Então o erro na equação eleva para milhões de anos o que aconteceu há milhares de anos, é muito simples de entender, mas as datações estão erradas em milhões de anos e quanto mais velho é o organismo, mais elevado é o erro da datação.
Quando colocamos o fator da radiação cósmica recebida durante milênios, a equação vai corrigir as datações e reduzir o tempo das eras do planeta. Pior que desde a criação do planeta a Terra foi bombardeada por asteróides carregados de iridium e radiação cósmica. Engraçado que isso destrói qualquer tipo de datações não só dos dinossauros, mas da geologia em geral. Engraçado que a ciência esqueceu que o Sol lá em cima da cabecinha deles, produz radiotividade e ela cai em forma de chuvinha ácida na cabecinha deles!
Então, tudo que você aprendeu sobre dinossauros irá despencar, porque  o homem coexistiu com os dinossauros. Mas, para a ciência isso é impossível, mas é impossível porque ainda acreditam que as datas estão corretas, porque o erro na equação elevou a datação para milhões de anos! O que acontece com a ciência é que ela é muito orotodoxa e ninguém tem coragem de falar a verdade.
Os dinossauros foram extintos! Mas não todos, pois a maioria evoluiu para aves, apenas os gigantes T-rex, Alossauros e Apatossauros entraram em extinção, isso prova que o asteróide que caiu em Yucatã, só extinguiu os dinossauros maiores e não matou tubarões, jacarés, sapos, cobras. É muito engraçado que o asteroide só extinguiu uma quantidade de dinossauros, então como o asteróide só matou esses gigantes, não deveria extinguir sapos e jacarés também? (risos) É piada, não é, como um asteróide só escolhe os dinossauros grandes, vão enganar quem não estuda!
Quando comecei a estudar sobre os dinossauros, eu logo descobri a verdade e já imaginava que algo estava errado, até mesmo nos achados que revelaram o Archaepterox que parece ser uma versão de um dinossauro ave e depois deu origem aos pássaros e aves.
O que pode ter acontecido com os dinossauros, foi uma descarga de energia nuclear, uma explosão atômica causada por alienígenas para destruir os tiranossauros Rex e outros répteis gigantes. Posso dizer com certeza que os Anunnakis foram os responsáveis pelo salvamento de sobreviventes e também pela destruição de vários dinossauros.
A data de um possível cataclismo é difícil de dizer, mesmo porque há vários fatores dependentes como um cometa em direção de colisão, o que você tem que entender é que isso pode acontecer em qualquer hora. Porque o planeta Tyche pode influenciar mais e mais cometas o que nos protege é o grande planeta Júpiter, sua capacidade de atrair cometas e pequenos asteroides.


Chat Contato Alienigena

2leep.com